"Perdoei meu pai"

Iniciativas Sociais
"Perdoei meu pai"

Maria Estela estudou em Ixoquí, um centro que busca ajudar ajudar as mulheres da área rural, a maioria indígenas, a melhorar suas condições de vida.

Do Prelado

Carta do Prelado (Maio 2015)

Carta do Prelado (Maio 2015)

Em sua carta de maio o Prelado do Opus Dei conselha a recorrer à oração "para recompor até a menor fissura" na relação entre as pessoas da família.

Vídeos breves

Especial Eduardo Ortiz

Biografia de Eduardo Ortiz

Biografia de Eduardo Ortiz

Nasceu em Segóvia (Espanha) em 31 de Outubro de 1910. Fez o curso de Medicina. Licenciou-se em 1933 e doutorou-se em 1944.

Notícias da Causa de Eduardo

Notícias da Causa de Eduardo

No dia 11 de dezembro de 1998, após terem sido efetuados os trâmites necessários, o Arcebispo de Pamplona decretou a Introdução da Causa de Canonização, e realizou-se a Primeira Sessão do Processo diocesano de vida, virtudes e fama de santidade.

Mensagem do dia

“Que saibamos abrir a alma”

«Tota pulchra es, Maria, et macula originalis non est in te!» - És toda formosa, Maria, e não há em ti mancha original!, canta alvoroçada a liturgia: não há nEla a menor sombra de duplicidade. Peço diariamente à nossa Mãe que saibamos abrir a alma na direção espiritual, para que a luz da graça ilumine toda a nossa conduta! - Se assim lhe suplicarmos, Maria nos obterá a valentia da sinceridade, para que nos cheguemos mais à Trindade Santíssima. (Sulco, 339)

Não me abandones, meu Senhor: não vês a que abismo sem fundo iria parar este teu pobre filho?

- Minha Mãe: sou teu filho também. (Forja, 314)

Tens de assomar muitas vezes a cabeça ao oratório, para dizer a Jesus: - Abandono-me nos teus braços.

- Deixa a seus pés o que tens: as tuas misérias!

- Deste modo, apesar da turbamulta de coisas que arrastas atrás de ti, nunca perderás a paz. (Forja, 306)

«Nunc coepi!» - agora começo! É o grito da alma apaixonada que, em...