Santa Maria da Paz: Igreja prelatícia do Opus Dei

Santa Maria da Paz: a igreja prelatícia do Opus Dei em Roma está dedicada a essa invocação mariana. Recordamos a história desta igreja onde repousam os sagrados restos de São Josemaria Escrivá.

Opus Dei

No vestíbulo de acesso encontra-se uma imagem de Nossa Senhora, Mãe do Amor Formoso. No átrio contempla-se a pia batismal onde foi batizado São Josemaria no dia 13 de janeiro de 1902. Foi doada pelo Bispo e pelo Capítulo da Catedral de Barbastro, sua cidade natal.

O altar do templo está situado sob um pequeno baldaquino, seguindo o costume de muitas igrejas romanas. A igreja é presidida por uma imagem de Nossa Senhora, obra de Manuel Caballero. Foi posta à veneração dos fiéis no dia 18 de dezembro de 1959. Os fiéis podem rezar diante do túmulo de São Josemaria, situado debaixo do altar.

Rainha da paz, rogai por nós!

No dia 31 de dezembro de 1959, São Josemaria celebrou a primeira Missa em Santa Maria da Paz, que passou a ser a Igreja Prelatícia desde que o Opus Dei foi erigido como Prelazia pessoal. A devoção de São Josemaria a Nossa Senhora é a razão do título da igreja e da imagem que preside.

Na cripta da Igreja encontram-se a Capela do Santíssimo e os confessionários. São Josemaria não cansou de pregar a necessidade de frequentar os sacramentos da Reconciliação e da Eucaristia, dons de Deus aos seus filhos os homens, fontes de paz e de alegria que não desaparece.

Em palavras de São Josemaria: “Santa Maria é - assim a invoca a Igreja - a Rainha da paz. Por isso, quando se conturba a tua alma, ou o ambiente familiar ou profissional, ou a convivência na sociedade ou entre os povos, não cesses de aclamá-la com esse título: "Regina pacis, ora pro nobis!" - Rainha da paz, rogai por nós! Experimentaste fazê-lo, ao menos, quando perdes a tranquilidade?... - Ficarás surpreso com a sua eficácia imediata”.

Na cripta da igreja prelatícia

Numa pequena cripta sob a Igreja Prelatícia, a que se acede descendo umas escadas, está sepultado o Bispo Álvaro del Portillo, primeiro sucessor de São Josemaria à frente do Opus Dei.

No dia 27 de junho de 1975 São Josemaria foi sepultado nessa cripta. Sobre a pedra de mármore colocou-se, abaixo do selo do Opus Dei, a inscrição: EL PADRE, que ainda permanece.

Após a beatificação, em 1992, o corpo do Fundador foi colocado em cima, na igreja prelatícia, sob o altar, onde se encontra atualmente. Pessoas de todo o mundo recorrem a São Josemaria para solicitar a Deus nosso Senhor graças de todo o tipo. E são muitos os que vão à Igreja Prelatícia para continuar a pedir ou para agradecer as graças recebidas por sua intercessão.

Nessa mesma cripta está sepultada Carmen Escrivá, irmã do fundador; também lá se encontra sepultada a primeira numerária auxiliar do Opus Dei, Dora del Hoyo.