“Basta começar”, série internacional para o ano da misericórdia

11 vídeos, mais de 100 pessoas procedentes de 12 países, com modos práticos de viver as obras de misericórdia.

Iniciativas Sociais
Opus Dei - “Basta começar”, série internacional para o ano da misericórdia

Um dos desejos do Papa Francisco para este ano jubilar é que os cristãos contemplem a misericórdia de Deus e a assumam como estilo de vida. Com este fim, a equipe de redação do site www.opusdei.org e a produtora argentina Dígito Identidad idealizaram uma série de vídeos que apresentam modos concretos de experimentar a misericórdia em diversos lugares do mundo.

Na primeira etapa, de várias semanas de duração, foram feitas entrevistas e filmagens em doze países: Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, Brasil, Estados Unidos, Itália, Áustria, Alemanha, Rússia, Filipinas e Quênia.

A equipe da Dígito Identidad em Voralberg, Áustria, durante uma pausa nas filmagens.

Depois, começou o trabalho de edição e foi então que Juan Martín Ezrraty, diretor da série, fez uma descoberta: “Muitos dos entrevistados – explicou – concordavam que o desejo de ajudar era motivo suficiente para pôr mãos à obra. Começaram a trabalhar para dar uma mão, uma ponte de esperança, de misericórdia, e pouco a pouco foram aparecendo os voluntários, os trabalhadores sociais, os doadores: ‘é só começar’, diziam todos. E daí surgiu o nome da série”. Efetivamente, o título original desta produção é Just Start. Ways to help people e se traduziu ao Português como Basta começar. Formas de ajudar os outros.

Às vezes pensamos que para fazer algo pelos outros são necessárias ideias brilhantes, habilidades especiais, abundância de tempo ou uma grande quantidade de dinheiro; porém quase nunca é assim: a maioria das iniciativas que aparecem na série começaram pequenas, sem seguranças, animadas só pelo desejo de dar uma mão a quem tem necessidade.

Observando a série se descobre que fazer uma obra de misericórdia não é um acontecimento extraordinário, é coisa de todos os dias. “As obras de misericórdia – ensina o Papa Francisco – são essenciais em nossa vida cristã. Olhem ao redor: sempre há alguém que necessita de uma mão estendida, de um sorriso, um gesto de amor. Quando somos generosos, nunca faltam as bênçãos de Deus” (Audiência, 10 de setembro de 2014).

Documentando o trabalho da inciativa austriaca AMAL

Os capítulos de Basta começar são publicados mensalmente com um guia prático para serem aproveitados ao máximo. Cada guia inclui perguntas que facilitam gerar um diálogo, sugestões para praticar pessoalmente as obras de misericórdia e palavras da Sagrada Escritura, do Papa Francisco e de São Josemaria que podem ser usadas na reflexão e meditação pessoal. Desta maneira, Basta começar converte-se em um material útil para ser usado em escolas, paróquias, aulas de catecismo e outras atividades de formação cristã.

Juan Martín Ezratty - que dirigiu documentários como Francisco, um Papa entre as pessoas, Trabalhar para os outros, A fé aos 20 e Inspirados para amar – espera que esta série seja um motor para mudanças e inspirações, pois confessa, “eu mesmo sofri uma transformação, porque encontrei-me com o rosto das pessoas; pode-se ver estatísticas de pobreza, ler sobre os refugiados, ou escutar a tristeza da prisão, porém quando você vê a pessoa, quando vê seus rostos, se envolve, e já não pode ficar indiferente”.

Os vídeos, em vários idiomas, podem ser encontrados em: http://opusdei.org.br/pt-br/tag/basta-comecar/. Até esta data foram publicados sete.

Basta começar (1): Trabalhar gratuitamente
Basta começar (2): Dar alimento para o corpo e a alma
Basta começar (3): Ampliar tua família
Basta começar (4): Aprender a perdoar
Basta começar (5): Abrir portas
Basta começar (6): Compartilhe os seus conhecimentos

Basta começar (7): Estar perto dos que sofrem