Mensagem do Prelado (10 de maio de 2017)

Mons. Fernando Ocáriz sugere que acompanhemos o Santo Padre na sua viagem a Fátima, com a oração e com o amor atento às pessoas que estão ao nosso redor.

Cartas pastorais
Opus Dei - Mensagem do Prelado (10 de maio de 2017)

O centenário, já iminente, das aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria e a peregrinação do Papa a Fátima despertam novamente em nós, de um modo especial, aquele desejo vibrante de São Josemaria: Omnes cum Petro ad Iesum per Mariam! Acompanhemos o Papa Francisco com essa proximidade que a oração nos dá: deixemos nas mãos de nossa Mãe as grandes intenções de paz e de conversão que Ela comunicou em suas aparições. Confiemos a Ela também a unidade da Igreja e dos cristãos, para que – todos com Pedro! – possamos semear paz e alegria no mundo. Confiemos à intercessão dos próximos santos, Francisco e Jacinta, todos aqueles que sofrem as consequências físicas e espirituais da violência, da guerra, da falta de liberdade, da discriminação, da solidão, da pobreza. A Virgem Maria recomendou em Fátima que rezássemos o terço. Rezemo-lo com o carinho e a confiança de filhos que acodem ao coração da Mãe.


A oração será fecunda se a paz e a fraternidade que as mensagens de Nossa Senhora inspiram se fizerem mais presentes no amor atento, aberto, delicado, a todos aqueles que Deus coloca ao nosso lado. A caridade não é uma fria educação. Vamos meditar com calma: em nossa casa, no trabalho, no relacionamento com todos, apesar das nossas limitações e da nossa impaciência, os outros podem reconhecer em nós algo do olhar maternal de Santa Maria?

Roma, 10 de maio de 2017