"Sede ministros da misericórdia divina"

Mons. Javier Echevarría conferiu a ordenação sacerdotal a 30 fiéis da Prelazia. Os novos sacerdotes provém de 11 países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, Filipinas, França, México, Reino Unido, Uganda e Uruguai

Notícias

Durante a homilia, o prelado recordou aos novos sacerdotes que a partir de agora serão "ministros da misericórdia divina, administradores do perdão dos pecados e do Pão da vida". E os animou a fomentar o desejo que com frequência São Josemaria repetia: "que eu veja com teus olhos, meu Cristo!"

"Tenhamos uma confiança muito grande - continuou Mons Echevarría - no Senhor, no único Pastor, já que os sagrados ministros são somente instrumentos seus (...) Especialmente nos momentos escuros que podem apresentar-se no percurso da existência, vamos a Ele, que nos espera no Sacrário, para confiar-lhe o fardo que pesa a nossa alma, as dificuldade que talvez nos oprimem. E ficaremos tranquilos".

O prelado convidou os novos sacerdotes a "reviver cada dia o empenho diligente por servir as almas, sem esquecer os pobres, enfermos, que são um tesouro para a Igreja e para a sociedade; com sua ajuda nasceu o Opus Dei".

Durante a homilia, o bispo recordou os novos santos João XXIII e João Paulo II, e o futuro bem-aventurado Álvaro del Portillo: "Estamos nos aproximando da beatificação de Dom Álvaro, que terá lugar no mês de setembro.


Recomendo-vos que recorrais com confiança a ele e que recordeis a sua vida de serviço fiel a Deus e às almas. Com palavras suas, repito: «Nunca vos assuste a desproporção entre a vossa pequenez e a grandeza destes mistérios de Deus de que sereis dispensadores. Que esta desproporção, enquanto vos impulsione a lutar pela santidade pessoal, seja sempre motivo de admiração e gratidão à bondade de Deus»".

Os 30 novos sacerdotes concelebram a missa com o Prelado


D. Javier sugeriu aos familiares dos novos sacerdotes: "Agradecei ao Senhor o presente que vos outorgou; que esta ordenação sacerdotal seja para vós um estímulo que vos aproxime mais de Deus. E vós, queridos filhos – acrescentou – nunca esqueçais tudo o que deveis à oração, à educação e ao bom exemplo que recebestes no seio das vossas famílias".

Dirigindo-se a todos os presentes, pediu orações para que "os novos presbíteros, os Bispos, os sacerdotes e os diáconos caminhem com prontidão pela via da santidade. Especialmente, como bons filhos, renovamos o propósito de rezar muito pelo Santo Padre, pelo seu trabalho, as suas intenções, os seus colaboradores".