São João Paulo II e o Fundador do Opus Dei

São João Paulo II beatificou e canonizou o fundador do Opus Dei e designou-o como o "santo da vida diária". Por ocasião da sua festa, 22 de outubro, apresentamos as suas declarações sobre S. Josemaria.

Relatos biográficos

São João Paulo II beatificou e canonizou o fundador do Opus Dei e designou-o como o "santo da vida corrente".

Apresentamos as suas declarações sobre São Josemaria.

Mensagem do papa João Paulo II aos jovens do Congresso Univ 2005

Como sabeis bem, a vocação dos fiéis leigos é tender para a santidade, animando cristãmente as realidades temporais. E então, também para vós, queridos estudantes e professores universitários, como gostava de repetir São Josemaria, o trabalho e o estudo devem ser uma "oração contínua, com as mesmas palavras apaixonadas, mas em cada dia com uma música diferente. É nossa missão típica transformar a prosa desta vida em decassílabos, em poesia heroica" (São Josemaria Escrivá, Sulco, 500).

Livro "Levantai-vos, vamos!"

“Em outubro de 2002 tive a alegria de inscrever no catálogo dos santos Josemaria Escrivá, fundador do Opus Dei, sacerdote zeloso, apóstolo dos leigos para os tempos novos”.

Palavras de João Paulo II à Assembleia da União apostólica do Clero

Um santo do nosso tempo, Josemaria Escrivá escreveu que “Nosso Senhor serve-se de nós como archotes, para que essa luz ilumine... De nós depende que muitos não permaneçam em trevas, mas que andem por sendas que levem até à vida eterna”. (Forja, n. 1)

Discurso de João Paulo II aos cardeais, à família pontifícia, à Cúria romana e ao Vicariato de Roma

E como não mencionar também, pelo eco especial que suscitaram na opinião pública, a canonização de São Pio de Pietrelcina e de São Josemaria Escrivá!

Discurso de João Paulo II aos participantes na Canonização

No Fundador do Opus Dei sobressai o amor pela vontade de Deus. Existe um critério seguro de santidade: a fidelidade na realização da vontade divina até às suas últimas consequências.

Homilia de João Paulo II na Canonização

Desde que, no dia 7 de Agosto de 1931, durante a celebração da Santa Missa, ressoaram na sua alma as palavras de Jesus: "Quando Eu for levantado da terra, atrairei todos a mim" (Jo 12, 32), Josemaria Escrivá compreendeu mais claramente que a missão dos batizados consiste em elevar a Cruz acima de toda a realidade humana, e sentiu surgir no seu interior a apaixonante vocação a evangelizar todos os ambientes.

Bula da canonização de Josemaria Escrivá

Nós próprios beatificamos de um modo solene o Fundador do Opus Dei a 17 de Maio de 1992 na Praça de São Pedro.

Desde então aumentou o número de graças atribuídas pelos fiéis à intercessão do Beato Josemaria Escrivá de Balaguer; entre estes favores, os Autores da Causa, escolheram uma cura e apresentaram-na à apreciação da Sede Apostólica, para poder atribuir ao Beato as honras dos Santos.

Ângelus de João Paulo II a 6-10-2002

O amor a Nossa Senhora é uma característica constante da vida de São Josemaria Escrivá, e é uma parte eminente da herança que ele deixa aos seus filhos e filhas espirituais. Invoquemos a humilde Serva do Senhor para que, por intercessão deste seu filho devoto, conceda a todos nós a graça de a seguirmos com docilidade no seu exigente caminho de perfeição evangélica

Discurso do Papa aos participantes do Congresso do centenário do nascimento de São Josemaria Escrivá

Desde o início do seu ministério sacerdotal, o beato Josemaria Escrivá colocou no centro da sua pregação a verdade que todos os batizados são chamados à plenitude da caridade, e que o modo mais direto para atingir esta meta comum se encontra na normalidade de cada dia.

Discurso de João Paulo II aos participantes do Univ 2000

Escreve o beato Josemaria Escrivá: “No domínio religioso, o homem continua a ser homem e Deus continua a ser Deus. Neste campo, o cume do progresso já se deu; é Cristo, alfa e ômega, princípio e fim” (Cristo que passa, 104).

Discurso de João Paulo II na Universidade Pontifícia da Santa Cruz

A vossa Universidade, nascida graças ao zelo apostólico do beato Josemaria Escrivá. Propõe-se investigar e promover a verdade com honradez intelectual e respeito pela Revelação. Como tal, sente-se ao serviço da Igreja, chamada no nosso tempo a um esforço missionário mais audaz, na expectativa do terceiro milênio.

Discurso de João Paulo II aos participantes do Univ 98

Cristo pede tudo. A testemunha do amor infinito do Pai é exigente. Mas quando o Espírito Santo suscita em nós a consciência viva de que somos filhos de Deus (Cf. Rm 8, 15), o seu chamamento não mete medo, antes pelo contrário, atrai com a força do amor. Quem se põe totalmente em suas mãos, experimenta o maravilhoso intercâmbio que o beato Josemaria Escrivá descreve com estas palavras: “- Meu Jesus: o que é meu é teu, porque o que é teu é meu e o que é meu abandono-o em Ti” (Forja, n. 594).

Palavras aos participantes do Congresso Univ 97

No título do vosso Congresso aparece a palavra «competitividade». Para o cristão esta é, antes de tudo, luta interior para melhorar e crescer nas virtudes até se identificar com Cristo. Esse é o modo como cada um de vós pode tornar fecundo o serviço aos outros, como recordava o Beato Josemaria Escrivá: «Pedi-Lhe que ponha os Seus desígnios na nossa vida; não só na cabeça, mas nas entranhas do coração e em toda a nossa atividade externa» (Amigos de Deus, 249), porque a salvação da humanidade passa através do combate de cada um para ser santo.

Discurso aos assistentes ao Congresso Universitário Internacional Univ 95

Sim, o trabalho, como vos exorta a fazer o Beato Josemaria Escrivá, deve converter-se em oração: imploração de ajuda, ato sincero de entrega ao Senhor, aceitação gozosa do sacrifício, dom frequentemente árduo mas sempre generoso, terreno para o crescimento nas virtudes.

Breve Apostólico da Beatificação de Josemaria Escrivá

«O Fundador do Opus Dei recordou que a universalidade do chamamento à plenitude da união com Cristo implica também que qualquer atividade humana se pode converter em lugar de encontro com Deus. (...) Foi um autêntico mestre de vida cristã e soube alcançar o cume da contemplação com a oração contínua, a mortificação constante, o esforço quotidiano de um trabalho realizado com exemplar docilidade às moções do Espírito Santo, a fim de servir a Igreja como a Igreja quer ser servida» (Temas Atuais do Cristianismo, 114).

Regina Caeli com João Paulo II no dia 17 de maio, depois da beatificação

Também nos últimos momentos da sua vida terrena, Monsenhor Josemaria Escrivá dirigiu um intenso olhar para o quadro de Nossa Senhora de Guadalupe, que tinha no seu quarto, a fim de se entregar à sua intercessão maternal e pedir-lhe que o acompanhasse ao encontro com Deus.

Homilia de João Paulo II na Beatificação de Josemaria Escrivá, 17-5-1992

A vida espiritual e apostólica do novo Beato esteve fundamentada em saber-se, pela fé, filho de Deus em Cristo. Dessa fé se alimentava o seu amor ao Senhor, o seu ímpeto evangelizador, a sua alegria constante, mesmo nas grandes provas e dificuldades que teve de suportar. "Ter a cruz é encontrar a felicidade, a alegria, - diz-nos numa das suas meditações -; ter a cruz é identificar-se com Cristo, é ser Cristo e, por isso, ser filho de Deus".

Discurso aos participantes no Congresso Universitário Internacional Univ 83

Esta é a razão pela qual vos tendes que santificar, contribuindo ao mesmo tempo para a santidade dos demais, dos vossos iguais, precisamente santificando o vosso trabalho e o vosso ambiente: esta profissão ou ofício que enche os vossos dias, que dá fisionomia peculiar à vossa personalidade humana, que é a vossa maneira de estar no mundo"

Outros textos de João Paulo II sobre São Josemaria