S. Josemaria e a obediência

Testemunho de D. Juan Ignacio González Errázuriz: "era, por assim dizer, quem mandava no Opus Dei. No entanto, submetia-se às pequenas indicações do médico, por exemplo..."

Testemunhos

Testemunho de D. Juan Ignacio González Errazuriz:

“Conheci-o pessoalmente no ano de 1974 no Chile. Eu era da Obra, havia já algum tempo. Estava a estudar Direito e lembro-me de uma coisa bem concreta que me sucedeu.

Por prescrição médica, tinha de andar um bocado todos os dias, e ia passear no pátio de um centro que se chama La Alameda, em Santiago. Estamos falando do mês de Julho de 1974. E, nós aproveitávamos ir de braço dado com ele e andar. Em uma dessas ocasiões coube-me a mim e dei-lhe o braço a ele junto com outro, e andamos, conversando. Ele ia comentando coisas, e de repente eu disse-lhe: ‘Padre porque não entramos para a sala de estar que está mesmo aqui ao lado?’ Era só abrir a porta e entrar e sentarmo-nos. Não sei por que lhe disse aquilo. E ele disse-me: ‘Meu filho, no Opus Dei o primeiro a obedecer sou eu e a mim disseram-me que tenho de andar, sendo assim continuemos a andar’. Deu meia volta e continuamos a andar de novo pelo pátio.

Era tão fácil sentarmo-nos um bocadinho. Estava ali um grupo de jovens. Mas esse pequeno pormenor ficou-me gravado e disse-me assim, como um homem que estava à frente. Era por assim dizer quem mandava no Opus Dei. No entanto, submetia-se às pequenas indicações do médico, e que serve a cada um de nós para a sua vida pessoal para aprender a obedecer, o que às vezes custa…”