Relações públicas, humanas e divinas

Uma mãe de família que trabalha em casa e num departamento de Relações Públicas pergunta como manter-se na presença de Deus.

Vídeos de São Josemaria

Deus te abençoe.

Que bem soubeste sentir inclinação por essa profissão de relações públicas. Pois, procura ter relações públicas e privadas com Deus Nosso Senhor. Procura-o no teu coração.

Olha, tu sabes dizê-lo melhor, porque também és..., não queres que te diga galanteios, porque parecer-te-iam coisas de relações públicas e tu és mestra e eu sou apenas aluno. Muito bem.

Olha, minha filha: diz a Nosso Senhor, de verdade, de verdade, de verdade, do fundo da tua alma, o que tens de lhe dizer com muita vergonha: Senhor, eu não sou nada, não posso nada, não valho nada, não sei nada, não tenho nada! Sou o nada e tu és Tudo.

E depois: mas tu és o meu Pai, e um pai que ama os filhos. E, quando o filho é filha, como no teu caso, como além da filiação acontece que as filhas são muito espertas, aproxima-te do Pai do céu, diz-lhe que o quiseres, diz-lho carinhosamente muitas vezes ao dia, e, enquanto estás com as relações públicas da terra, mantém as relações públicas do céu.

E assim não te afastarás do caminho de cristã, santificas a tua profissão, e farás muito bem o trabalho profissional. Minha filha, tu já o sabias, estou certo de que o estás a fazer, vê-se-te no teu rosto.