Patricia: não mais “um Deus a minha medida”

Patricia é jornalista no Paraguai. Aos 37 anos e depois de muito buscar, decidiu conhecer bem a fé católica e receber a primeira comunhão, algo para o qual “nunca é tarde”, diz.

Testemunhos

Patricia Lafuente . Mora em Assunção (Paraguai). É jornalista

«Demorei anos até concluir a minha conversão. Até então vivi acreditando estar no bom caminho, com um Deus ajustado à minha medida.

Mas, através de conhecidos, fui aprendendo o que era a vida cristã. Em 2008, uma amiga do Opus Dei indicou-me um lugar onde podia receber formação, preparar--me para fazer a Primeira Comunhão e a Confirmação, com aulas semanais que me davam individualmente.

Quando me convidaram para ser cooperadora, pareceu-me conveniente ajudar de forma efetiva, rezando para que muitos como eu possam se beneficiar. Para mim, é um presente de Deus e uma oportunidade maravilhosa ajudar a fazer a Obra de Deus.

Como recebi a Primeira Comunhão aos 37 anos, posso dizer que nunca é tarde para encontrar a verdadeira felicidade»..