Os leigos também pertencem à prelazia ou só os sacerdotes?

Tanto leigos como sacerdotes pertencem igualmente à prelazia, na qual, como em toda a Igreja e em qualquer de suas partes, existe igualdade fundamental entre todos os fiéis no tocante à sua dignidade e missão como cristãos.

Prelazia Pessoal

Ao mesmo tempo, há uma diversidade essencial no que se refere ao sacerdócio. Essa diversidade fundamenta a cooperação orgânica entre sacerdotes e leigos na mesma missão da Igreja. Conceber a prelazia como uma instituição formada só por sacerdotes contradiz tanto a realidade do Opus Dei como a própria novidade e índole específica das prelazias. Essa concepção veria as prelazias como associações de sacerdotes nelas incardinados – instituições certamente muito importantes na vida da Igreja, mas essencialmente diferentes em razão de seu caráter associativo e unicamente clerical.

Por sua vez, a realidade do Opus Dei compreende uma associação de sacerdotes, a Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz, inseparável da prelazia. A Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz somente concerne à vida espiritual dos seus membros: não ao seu trabalho pastoral, que não se modifica pelo fato de pertencer a ela. Fazem parte dessa associação os sacerdotes da prelazia e outros sacerdotes diocesanos que também receberam a vocação ao Opus Dei para se santificarem em sua vocação sacerdotal. Entretanto, não constituem um grupo à parte, mas procuram que o seu ministério e a sua inserção na diocese – o lugar que lhes é próprio no serviço à Igreja – sejam cada vez mais fecundos, em plena e cordial obediência à autoridade do bispo diocesano – única autoridade da qual dependem – e em fraternal união com todos os demais sacerdotes.