Ordenação sacerdotal: "Sacerdotes para servir às almas"

"É Jesus que, em vocês e com vocês, servirá a todos, cristãos ou não", disse Dom Javier Echevarría, Prelado do Opus Dei, aos 27 novos sacerdotes na cerimônia celebrada em Roma.

Notícias

Dom Javier Echevarría conferiu a ordenação sacerdotal a 27 fiéis da Prelazia do Opus Dei. A cerimônia foi hoje à tarde na Basílica de Santo Eugênio (Roma). Os novos sacerdotes procedem de 13 países: Brasil, Argentina, Chile, Congo, Costa Rica, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, Finlândia, Itália, México, Quênia e Rússia.

Leia a homilia do Prelado completa (23 de abril de 2016).

Durante a homilia, o Prelado disse aos novos presbíteros: "vocês serão sacerdotes para servir a todas as almas". E, com palavras do Papa Francisco, recordou: "sem cruz não encontrarão nunca o verdadeiro Jesus e uma cruz sem Cristo não tem sentido”.

"Vocês se converterão em sacerdotes da Nova Aliança. In persona Christi Capitis, quer dizer, atuando na pessoa de Cristo, Cabeça da Igreja, poderão agir com a sua autoridade na administração dos sacramentos, anunciando a Palavra de Deus em seu nome e servindo todas as almas como fez Nosso Senhor." E acrescentou: "É Jesus que, através de vocês, perdoará os pecados dos fiéis que se aproximarão, bem preparados, do sacramento da Penitência. É Jesus quem falará, através das suas palavras, sobretudo na celebração eucarística, quando explicarem aos fiéis os ensinamentos da Escritura, como fez o próprio Cristo com os discípulos de Emaús. É Jesus quem, em vocês e com vocês, servirá a todos, cristãos e não cristãos, quando pedirem uma palavra de consolo, uma luz que ilumine as trevas em que frequentemente se vêm envolvidos."

Ao final, convidou todos a: "rezar pelo Papa Francisco, pelo Vigário do Papa na diocese de Roma, o Cardeal Vallini, por todos os Bispos e presbíteros do mundo; e acompanhemos todos os seminaristas para que sejam fiéis à sua chamada".

O novo sacerdote brasileiro, padre Marcelo José Monteiro nasceu em Brasília; formou-se em Química pela Universidade Federal de Brasília e doutorou-se em Química pela Universidade de São Paulo. Chega ao sacerdócio com 32 anos depois de cursar Filosofia e Teologia. No momento, prepara sua tese doutoral em Teologia pela Pontificia Università della Santa Croce, em Roma.

São estes os novos sacerdotes e os seus respetivos países:

  • Alfredo Rodríguez Sedano (Espanha)
  • José María Pérez-Seoane Mazzuchelli (Espanha)
  • Vincenzo Arborea (Itália)
  • Fernando Hernansanz Serrano (Espanha)
  • Odon Swamotz Wazaka (Congo)
  • Carlos Iza García (Rússia)
  • Luis Cruz Ortiz de Landázuri (Espanha)
  • Alejandro Muñoz Vizcaíno (Espanha)
  • Mario Medina Rodríguez (Espanha)
  • Michael Nievales Quilantang (Filipinas)
  • José Omar Espíritu Castro (México)
  • Manuel Valdés Mas (Espanha)
  • Julio Agustín Sánchez León (Costa Rica)
  • Francisco Javier Córcoles García (Espanha)
  • Agustín Pablo González Alonso (Espanha)
  • Juan Cruz Bustillo (Argentina)
  • Manuel Valentini Colomer (Chile)
  • Albert Penella Mas (Espanha)
  • Javier Aranguren Sánchez-Ostiz (Espanha)
  • Guillermo Arregui Cussi (México)
  • John Paul Mitchell (Estados Unidos)
  • Kalle Oskari Juurikkala (Finlândia)
  • Gonzalo de la Morena Barrio (Espanha)
  • Marcelo José Monteiro (Brasil)
  • Martin Abonyo Onyango (Quénia)
  • Michael Joseph Fagan (Estados Unidos)
  • José Antonio Cordero Becker (Chile)

Opus Dei Sacerdotes 2016