O milagre da fé

“A providência ordinária de Deus é um contínuo milagre, mas... Ele empregará meios extraordinários, quando forem precisos.”

Mensagem

Além da sua graça copiosa e eficaz, o Senhor deu-te a cabeça, as mãos, as faculdades intelectuais, para que faças frutificar os teus talentos.

Deus quer realizar milagres constantes - ressuscitar mortos, dar ouvido aos surdos, vista aos cegos, possibilidades de andar aos coxos... -, através da tua atuação profissional santificada, convertida em holocausto grato a Deus e útil às almas.

Forja, 984

Falta-nos fé. No dia em que vivermos esta virtude — confiando em Deus e na sua Mãe —, seremos valentes e leais. Deus, que é o Deus de sempre, fará milagres por nossas mãos.

— Dá-me, ó Jesus, essa fé, que de verdade desejo! Minha Mãe e Senhora minha, Maria Santíssima, faz que eu creia!

Forja, 235

A providência ordinária de Deus é um contínuo milagre, mas... Ele empregará meios extraordinários, quando forem precisos.

Forja, 658

Não sou "milagreiro". — Já te disse que me sobram milagres no Santo Evangelho para firmar fortemente a minha fé. — Mas dão-me pena esses cristãos — até piedosos, "apostólicos"! — que sorriem quando ouvem falar de caminhos extraordinários, de fatos sobrenaturais. Sinto desejos de lhes dizer: — Sim, agora também há milagres; nós mesmos os faríamos se tivéssemos fé!

Caminho, 583