Um grande favor de Dora

Quem tem pais idosos ou doentes na família, já viveu a experiência de ter profissionais cuidadores que, com o trabalho que prestam, tornam possível que os familiares possam ocupar-se de outras tarefas, o que se agradece deveras.

Favores recebidos
Opus Dei -  Um grande favor de Dora

Entretanto, é comum que — para cuidar de um doente ou idoso — sejam necessários dois, três ou mais profissionais que assumam com responsabilidade essa tarefa. Estes profissionais necessitam entrosamento, solidariedade, renúncia, boa comunicação, dedicação, bom humor e muito mais.

Assim que meu pai, com 93 anos, necessitou este tipo de cuidados, pedi a Dora que assumisse a coordenação das três cuidadoras que, de fato, se ocuparam desta tarefa por quatro anos, até seu falecimento.

Ao longo deste período, renovei muitas vezes essa petição a Dora e, ao mesmo tempo, pude agradecer-lhe, pois — quando algo parecia desacertado — com poucas palavras e boa vontade tudo se resolvia de uma maneira muito favorável. O melhor é que essas profissionais sempre tiveram um carinho verdadeiro por meu pai.

Conversando com amigas que passam por situações similares e encontraram bastante dificuldade para conseguir um acompanhante satisfatório, pude constatar com agradecimento que, de fato, recebi um grande favor de Dora.

V. H. G., 14-II-2016, São Paulo – SP.


Se você recebeu um favor através de Dora e quer enviar o relato da graça recebida, vá ao formulário online