Cronologia da causa de canonização de Montse Grases

Apresentamos os principais passos da causa de canonização de Montse.

Documentação
Opus Dei - Cronologia da causa de canonização de Montse Grases

26 de março de 1959: Montse Grases falece em Barcelona com fama de santidade.

5 de novembro de 1961: o padre Benito Badrinas Amat é nomeado vice postulador da causa de beatificação e canonização; trabalha em todos os passos da fase diocesana da causa.

8 de dezembro de 1962: o postulador em Roma, padre Salvador Canals Navarrete, dirige à Sagrada Congregação dos Ritos a petição do nihil obstat para a abertura do processo informativo.

19 de dezembro de 1962: abertura do processo informativo na diocese de Barcelona, pelo arcebispo D. Gregorio Modrego Casaus, na capela do paço episcopal.

26 de março de 1968: por delegação do arcebispo de Barcelona, D. Marcelo González Martín, o arcebispo emérito, D. Gregorio Modrego Casaus, encerra o processo informativo na igreja de Nossa Senhora de Montalegre.

22 de abril de 1968: entrega das atas do processo na Sagrada Congregação dos Ritos.

19 de março de 1969: o Papa Paulo VI, com o motu proprio Sanctitas clarior, reforma as normas das causas de beatificação e canonização. Antes de prosseguir, os promotores da causa de Montse preferem esperar um tempo até que se consolide a nova práxis.

8 de maio de 1969: o Bem-Aventurado Paulo VI, com a constituição apostólica Sacra Rituum Congregatio, divide a Sagrada Congregação dos Ritos em duas congregações, uma para o culto divino e outra para as causas dos santos.

22 de fevereiro de 1974: decreto da Congregação para a Causa dos Santos, depois dos votos dos teólogos censores, sobre os escritos da serva de Deus Montserrat Grases.

25 de janeiro de 1983: o Papa João Paulo II, com a constituição apostólica Divinus perfectionis Magister, reforma os processos diocesanos sobre as causas de beatificação.

7 de fevereiro de 1983: S. João Paulo II aprova as novas normas preparadas pela Congregação para a Causa dos Santos para os processos diocesanos.

15 de maio de 1992: decreto da Congregação para a Causa dos Santos sobre a validez do processo informativo de Montse.

22 de maio de 1992: a Congregação para a Causa dos Santos estabelece, com caráter geral, que se realize uma investigação suplementar nas causas em que não tinha havido processo apostólico enquanto tinha estado vigente a normativa anterior a 1983. Embora a causa de Montse Grases tivesse obtido a declaração de validez, foi decidido realizar a investigação suplementar, entre outros motivos, para enriquecer o material recolhido nos anos sessenta.

10 de maio de 1993: o postulador da causa, padre Flavio Capucci, solicita ao arcebispo de Barcelona, D. Ricardo María Carles Gordó, a abertura de uma investigação suplementar.

10 de junho de 1993: em nome do arcebispo de Barcelona, o bispo auxiliar e vigário geral dessa arquidiocese, D. Jaume Traserra Cunillera, dá início ao processo diocesano adicional.

28 de outubro de 1993: D. Jaume Traserra Cunillera encerra o processo diocesano adicional.

21 de janeiro de 1994: a Congregação decreta a validez do processo diocesano adicional.

14 de junho de 1994: com a autorização da Congregação para as Causas dos Santos, os restos mortais de Montse Grases foram trasladados do cemitério de Sudoeste para o oratório de Santa Maria do Colegio Mayor Bonaigua, em Barcelona.

21 de novembro de 1999: o relator apresenta a Positio super vita et virtutibus da serva de Deus. A Positio, redigida em italiano e com uma extensão de 730 páginas, divide-se em quatro partes: história da causa e fontes, biografia, estudo crítico sobre a heroicidade das virtudes e sumário.

25 de outubro de 2013: após o falecimento do padre Flavio Capucci, o prelado do Opus Dei, D. Javier Echevarría, nomeia o padre José Luis Gutiérrez Gómez postulador da causa de Montse Grases.

30 de junho de 2015: sob a direção do Promotor Geral da Fé, o congresso peculiar dos consultores teólogos da Congregação para a Causa dos Santos responde positivamente à questão sobre o exercício heroico das virtudes por parte de Montse Grases.

19 de abril de 2016: a Congregação Ordinária dos cardeais e bispos pronuncia-se a favor da heroicidade das virtudes de Montse.

26 de abril de 2016: o Papa Francisco autoriza que a Congregação para a Causa dos Santos promulgue o decreto de virtudes heroicas da serva de Deus Montse Grases.