Conceitos teológicos fundamentais nos ensinamentos de S. Josemaria Escrivá

Foi publicado recentemente o segundo volume de “Vida cotidiana y santidad en la enseñanza de san Josemaría”, da autoria dos Professores E. Burkhart e J. López que expõe teologicamente, de forma sistemática, a mensagem de S. Josemaria sobre a santificação do trabalho profissional e da vida quotidiana.

Notícias

Foi publicado recentemente o segundo volume de “Vida cotidiana y santidad en la enseñanza de san Josemaría”, da autoria dos Professores E. Burkhart e J. López que expõe teologicamente, de forma sistemática, a mensagem de S. Josemaria sobre a santificação do trabalho profissional e da vida quotidiana.

Este novo volume começa com umas sugestivas palavras de S. Josemaria elucidativas do tema de fundo: O cristão, qualquer homem ou mulher cristão, deve ser “outro Cristo, o próprio Cristo”.

Para explicar em que consiste a identificação com Cristo, os autores estudam três aspectos fundamentais dos ensinamentos de S. Josemaria: A filiação divina, a liberdade e as virtudes cristãs.

O primeiro é o pilar sobre o qual assenta toda a vida cristã.

Para S. Josemaria o “sentido da filiação divina” recebida pelo Batismo é o fundamento de toda a vida espiritual. Ele próprio assim o percebeu em 1931 quando, no meio de circunstâncias difíceis, teve a profunda experiência de que “Deus é meu Pai” e que queria fazer dele “outro Cristo, o próprio Cristo”.

O segundo tema do volume é uma novidade num tratado de teologia espiritual, mas os autores consideram-no imprescindível para entender os ensinamentos de S. Josemaria sobre o caminho para a santidade: é a o problema da liberdade cristã, dom próprio dos que foram feitos Filhos de Deus pelo Espírito Santo pois “onde se acha o espírito do senhor, aí existe liberdade” (2 Cor. 3,17). É uma realidade carregada de consequências que S. Josemaria desenvolve amplamente e de forma original até ao ponto de ter sido apelidado pelo filósofo Cornélio Fabro como “mestre da liberdade cristã”.

O terceiro e último fio condutor deste volume é a caridade e as outras virtudes cristãs que manifestam e desenvolvem a identificação com Cristo. O amor é a essência da vida de um filho de Deus, mas precisa das virtudes humanas a que S. Josemaria atribui muita importância para viver a vida de Cristo, “perfeito Deus e perfeito homem”.

O volume termina com um apêndice intitulado “Amor filial e amor esponsal” em que os autores explicam a razão pela qual S. Josemaria emprega sobretudo a linguagem própria da filiação divina e a sua relação com a tradicional metáfora dos esponsais.

A publicação do terceiro e último volume está prevista para Outubro de 2011 com os temas da santificação do trabalho profissional e da vida familiar e social, a luta pela santidade e os meios de santificação e apostolado de que o cristão dispõe.

Este último volume fechará com um epílogo sobre a “unidade de vida”, noção que serve aos autores para sintetizar o conjunto dos ensinamentos de S. Josemaria, e com a reflexão acerca do valor destes ensinamentos para a Teologia com base numas palavras do Cardeal Ratzinger, hoje Bento XVI, sobre a sua figura e mensagem.

Os autores fizeram este estudo a partir da canonização de S. Josemaria em 2002, consultando todos os seus escritos e textos procedentes da sua pregação, tanto publicados como ainda não publicados. Atualmente trabalha-se na edição crítica das suas obras completas, a cargo do Instituto Histórico de Josemaria Escrivá.

O primeiro volume, publicado há seis meses, vai na segunda edição. Atualmente está em curso a sua tradução para inglês, alemão e italiano.