A paz

A enorme maioria dos colombianos é católica, sabemos que devemos contribuir para a configuração de uma sociedade justa. O que nos sugeriria para ajudar na solução dos graves conflitos pelos quais o país está passando?

Perguntas ao Prelado

Sei que essa situação vos faz sofrer e que todos, de uma maneira ou de outra, estão sofrendo as consequências. Mas, ao mesmo tempo, pode haver, talvez inconscientemente, algo de resignação. É preciso evitar a passividade perante os problemas, e procurar incansavelmente soluções para os conflitos, com esperança e com sentido de responsabilidade. Trabalhando cada um no lugar que lhe corresponde, na posição que ocupa na sociedade, pensando na contribuição que pode dar pessoalmente para construir a paz. Porque a paz é como um rio caudaloso formado por uma infinidade de afluentes e de mananciais: todos são importantes.

É necessário fazer um apostolado muito grande em favor da paz. Um apostolado que é a soma da oração, da compreensão e da colaboração de todos...

Revista Pensamiento y Cultura, Colômbia, outubro de 2001