Arquivo: Quem é

Há 146 resultados para "Quem é"
Construir "Lares Luminosos e Alegres"

Construir "Lares Luminosos e Alegres"

O filósofo Tomás Melendo - autor do livro "Lares Luminosos e Alegres" - comenta neste vídeo a sua visão da família, inspirada nos ensinamentos de São Josemaria Escrivá e fundamentada no magistério de São João Paulo II.

Testemunhos
Pegadas de um santo

Pegadas de um santo

Vídeo realizado pelo 40º aniversário da ida para o céu de S. Josemaria (26-VI-1975 - 26-VI-2015). Que pegadas deixam os santos?

Testemunhos
Os livros que São Josemaria lia

Os livros que São Josemaria lia

Quase 2.500 volumes compõem a biblioteca que o fundador do Opus Dei utilizou com frequência ao longo da sua vida. Obras de espiritualidade, tratados de teologia, ensaios e algo de literatura, entre outros, compõem esta biblioteca de trabalho que agora foi analisada.

Quem é
“A Santa Missa era o centro do seu dia”

“A Santa Missa era o centro do seu dia”

São Josemaria referia-se à Santa Missa como “centro e raiz da vida interior”. D. Álvaro del Portillo, primeiro sucessor do Fundador do Opus Dei, foi uma testemunha especial, durante os quase quarenta anos em que conviveu com São Josemaria, de como a Santa Missa era até o centro físico do seu dia.

Viver a fé no dia-a-dia

Viver a fé no dia-a-dia

Anna Riina é uma finlandesa que se converteu ao catolicismo há três anos. O que mais a impressiona na mensagem do Fundador do Opus Dei é o fato de poder dedicar tudo o que faz a Deus: o trabalho, o estudo, o estar com os amigos, etc.

Testemunhos
Noites de Natal com São Josemaria

Noites de Natal com São Josemaria

"Para ser pequeno é preciso crer como crêem as crianças, amar como amam as crianças, abandonar-se como se abandonam as crianças..., rezar como rezam as crianças. E mais adiante insistia: Faz-te pequeno. Vem. comigo, e viveremos (este é o nervo da minha confidência) a vida de Jesus, de Maria e de José.​"

São Josemaria e a rosa de Rialp

São Josemaria e a rosa de Rialp

São Josemaria teve sempre a certeza da intervenção maternal da Virgem na história do Opus Dei. Em Novembro de 1937, durante a última travessia dos Pireneus, Santa Maria confirmou as esperanças do fundador com uma rosa.